Assimagra

Portuguese Mineral Resources

ASSIMAGRA QUER TER VOZ NA ALTERAÇÃO DO PDM

A Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores, Granitos e Ramos Afins desafiou o Governo para que as alterações dos Planos Ditectores Municipais (PDM) passem a integrar um parecer obrigatório da Assimagra. Este foi um dos reptos lançados pelo presidente da associação, Miguel Goulão, ao secretário de Estado da Economia, Pedro Cilínio, durante a sua visita à Stone Ibérica, feira da pedra natural, que se realizou de quinta-feira a sábado, na Exposalão, na Batalha.

Se uma unidade fabril ou uma habitação podem ser construídas em qualquer território, uma pedreira só faz sentido onde existirem os recursos, sublinhou Miguel Goulão. Nessa medida, o sector precisa de uma atenção especial, argumentou. Por isso, “desafiamos o Governo para introduzir um parecer obrigatório da associação nas alterações dos PDM. Não na perspectiva de lobby, mas da liberdade que tem de existir entre o privado e o público de podermos falar em conjunto e construir soluções que possam ser mais-valia para o território”, explicou Miguel Goulão ao nosso jornal.

O dirigente pediu ainda que o Governo isente as horas extraordinárias em Portugal, “que são tributadas astronomicamente”, “para que a produtividade aumente e que os trabalhadores sintam que o esforço adicional é compensado”. A revisão do preço dos combustíveis foi outro repto deixado por Goulão, salientando que as indústrias da pedra não podem estar a pagar o mesmo, para trabalhar, do que pagam outros para passear de carro.

Aos empresários, o dirigente falou da importância da responsabilidade ambiental e social e exortou ainda à sua união.

O secretário de Estado reconheceu que são necessários processos de licenciamento ágeis, para que a indústria se possa desenvolver; que é necessária a redução da carga fiscal; disse ter expectativas de que as novas tabelas de retenção não prejudiquem os rendimentos; e espera que o Estado consiga estabelecer medidas relativas ao combustível. Às empresas, pediu que continuem a sua aposta no desenvolvimento, cumprindo o seu papel em termos de sustentabilidade.

In: JORNAL DE LEIRIA

FaLang translation system by Faboba