Assimagra

Recursos Minerais de Portugal

ROBÓTICA UM IMPULSO DE PRODUTIVIDADE QUE ALAVANCA DIVERSOS SETORES

(...)

Miguel Goulão, presidente da Associação Portuguesa de Industriais de Mármores, Granitos e Ramos Afins (Assimagra), que agrega 260 empresas do País, salienta que “a robótica é elemento essencial no processo de modernização que o sector está a atravessar”.

“Embora nem todas as empresas tenham dado esse passo, algumas começam a fazê-lo.” Portanto, nota o dirigente, “é um processo em curso e que será inevitável”.

“A robotização traz vantagens, como o aumento da produtividade, por exemplo em comparação com indústrias de produtos compósitos, que já são altamente mecanizadas, mais do que nosso sector, mais tradicional”, compara o presidente da Assimagra.

“É importante que alguns processos padronizados possam ser automatizados, não só por aumentarem a produtividade, mas também porque garantem maior segurança aos colaboradores”, salienta o dirigente.

Actualmente, no que respeita ao sector da rocha ornamental, refere Miguel Goulão, é sobretudo na área da indústria transformadora que a robotização está mais presente (nos acabamentos, no embalamento, etc.), o que não acontece tanto com a área da extracção.Quanto à indústria mineira, ressalva, “já existem muitos equipamentos que dispensam a intervenção humana”.

O dirigente da Assimagra acredita, no entanto, que o impulso da robotização no sector da extracção acontecerá a partir do momento em que haja electrificação dos equipamentos.

Noticia Impressa do Jornal de Leiria